TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O AUXÍLIO DE DO GOVERNO FEDERAL – POPULAÇÃO E AUTÔNOMOS

A crise provocada pela pandemia do Covid-19 atingiu não só o sistema de saúde, como também a economia da população.Por conta disso, o Governo Federal lançou um auxílio emergencial de R$600 e nós vamos dizer tudo o que você precisa saber sobre essa ajuda!

QUEM PODE RECEBER O AUXÍLIO? 

O auxílio será de R$600 para até dois membros de uma família. Caso o cadastrado seja uma mãe solteira chefe da família, ela receberá um auxílio de R$1200. O benefício será pago para trabalhadores informais, autônomos e MEIs. 

Além disso, também é preciso: 

  • Ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual, ou MEI);
  • Estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia dia 20 de março;
  • Cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;
  • ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social.

Além disso, todos os beneficiários precisam ter mais de 10 anos, uma renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$522,50); ter uma renda mensal de até 3 salários mínomos (R$3.135) por família; não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 em 2018 e ter o CPF regularizado.

COMO RECEBER O AUXÍLIO?

É importante ressaltar que, caso você receba o Bolsa Família ou esteja inscrito no CadÚnico não é preciso realizar um cadastro, o pagamento será feito automaticamente no período em que o benefício é debitado. 

Para os demais é preciso realizar o cadastro pelo site (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio) ou pelo aplicativo (ANDROID e iOS). Aos que não tem acesso a internet, e apenas nesses casos, também é possível realizar o cadastramento em uma agência da Caixa ou lotéricas. Caso tenha dúvidas, é só ligar no número 111.

QUANDO OS PAGAMENTOS SERÃO FEITOS? 

Para conseguir distribuir o benefício de forma bem organizada o Governo Federal estabeleceu 3 grupos: 

O primeiro serão os beneficiários do Bolsa Família. O auxílio será pago dia 16 de abril, o mesmo dia em que é debitado também o Bolsa Família. 

O benefício é sempre pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. No dia 16, serão pagos trabalhadores que têm o NIS com o dígito 1, no dia 17 os com o dígito 2, e assim sucessivamente, até o dia 30 de abril, quando serão pagos trabalhadores que têm o NIS com dígito 0. O trabalhador que começa a receber no dia 16 tem até o dia 30 para sacar o valor, e assim sucessivamente.

O segundo e o terceiro grupo são as pessoas que estão no CadÚnico e o outro são dos trabalhadores informais, MEIs e contribuintes individuais do INSS fora do Cadastro Único. Esses receberão o auxílio em três parcelas, duas em abril e uma terceira em maio.

Os que estão no CadÚnico receberão a primeira parcela até o dia 14 de abril. Os que são correntistas do Banco do Brasil ou possuem conta poupança na Caixa devem receber a parcela nesta quinta-feira (09).

Você pode conferir as demais parcelas nas imagens abaixo: 


Gostou? Então nos siga nas redes sociais!

www.facebook.com/mundosirrus

www.instagram.com/sirrus_sistemas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *